Press "Enter" to skip to content

O último suspiro da Câmara de Vereadores

Principal órgão legislativo de alcance municipal (há algum tempo eu diria o único) a câmara de vereadores tem por função primeira elaborar, atualizar e votar as leis de um município.

Pois bem, em Siderópolis, a câmara conhecida na história recente por promover excessivas moções de homenagem, perdeu também este expediente.

A Prefeitura municipal, por meio de seus fiscais, tem alterado e interpretado diretamente no Paço as leis que regulamentam, por exemplo, o comércio ambulante do município.

Tal método tem sido utilizado para, segundo comerciantes, eliminar os trabalhadores que não se “adequam” ao “modus operandi” do executivo.

Segundo um dos comerciantes prejudicado, ele chegou a procurar vereadores que, amedrontados, deram algumas desculpas para não solucionar o problema.

Também procuramos alguns dos nobres Edis que não responderam ao caso até o meio dia de hoje (21/03).

Share This:

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adaptado por Imprensa Livre